Trabalho no combate ao mosquito transmissor da Dengue continua sendo intensificado

Publicado em: 15 de Maio de 2020
Fonte: Assessoria de Imprensa

Além da preocupação com a chegada do Coronavírus, a Prefeitura de Naviraí, através do Núcleo de Controle de Vetores, sob a responsabilidade de José Pereira, continua desenvolvendo um trabalho com afinco e seriedade, visando combater a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Em Naviraí, até agora foram notificados 2.800 casos e já temos mais de 1.000 casos confirmados dessa doença. Vale a pena lembrar que também 3 mortes aconteceram com pacientes com portadores da dengue.

Segundo José Pereira, “a proliferação do mosquito transmissor da dengue preocupa a administração municipal e o prefeito Dr. Izauri Macedo nos pediu uma atenção especial nesse sentido. Existem focos grandes em vários bairros populosos de nossa cidade. Esse ano já teve os maiores índices de pessoas infectadas por dengue e isso é muito delicado, porque a guerra contra esse mosquito do aedes aegypt precisa continuar e é importante a participação efetiva dos moradores”, explicou ele.

Recentemente, o prefeito Izauri autorizou a contratação de mais 10 agentes de endemias para reforçar ainda mais a equipe de trabalho que, diariamente, vem desenvolvendo uma campanha de conscientização junto à população, com o intuito de diminuir a quantidade de pessoas afetadas com a dengue que, somados aos agentes comunitários de saúde, são responsáveis pelo combate, mas isso só não é suficiente, precisando haver a adesão dos moradores.

O trabalho de fumacê foi realizado na última semana nos bairros Harry Amorim, Jardim Progresso e Eldorado. “Hoje o pessoal começou trabalhando na região do Jardim Paraíso I e II, porque são áreas onde a incidência de casos está mais do que nos outros lugares, nos outros bairros. Nós estamos tendo casos em todos os bairros. Antes não tinha, mas atualmente tem casos até em fazendas distantes da cidade. Os agentes estão a campo fazendo o trabalho mas tem coisas que o morador pode resolver e nos ajudar. Então a gente precisa dessa mão dupla. Se cada um fizer a sua parte, com a ajuda do morador atuando como agente de saúde no seu bairro, vamos conseguir diminuir ou acabar com os casos de dengue na cidade”, explicou José Pereira.

EQUIPAMENTOS RECUPERADOS

Como alguns equipamentos utilizados pelos agentes de endemias estavam danificados, com um ou outro defeito, o prefeito Dr. Izauri autorizou que o gerente de Saúde, Welligton de Mattos Santussi providenciasse o conserto desses equipamentos e agora todos eles estão à disposição da equipe para desenvolver um trabalho de melhor qualidade no combate ao mosquito da dengue, são máquinas costais que vão ampliar ainda mais o trabalho de pulverização de um novo inseticida enviada pelo governo do estado.

Compartilhe em: